Curso Gratuito Microsoft + Certificado

>> Para receber o link do curso preencha o campo ao lado.

Active Directory Leonardo Duarte

Como Bloquear Sites de Pornografia sem Firewall

Como Bloquear Sites de Pornografia sem Firewall

Guia definitivo para bloquear conteúdo pornográfico

O bloqueio de sites é uma das atividades mais importantes de um administrador de rede, visto que devido ao grande aumento de Malwares, bloquear os sites com este tipo de conteúdo é fundamental para impedir e minimizar que a rede seja contaminada caso algum usuário acesse conteúdo indevido.

A web está cheia de conteúdo pornográfico que você talvez não queira que seus filhos ou familiares vejam. Neste guia, ensinaremos como bloquear pornografia em qualquer dispositivo – gratuitamente.

Como bloquear conteúdo pornográfico

A Internet é um recurso incrível, cheio de informações e entretenimento para todas as idades. No entanto, boa parte da web é preenchida com conteúdo adulto e pornográfico que as crianças não devem ser expostas, e alguns adultos não querem visitar.

Neste guia, forneceremos algumas ferramentas e técnicas passo a passo para permitir que você bloqueie rápida e facilmente conteúdo pornográfico em qualquer dispositivo que acesse a web. Isso ajudará você a ter certeza de que seus filhos não estão acessando nenhum conteúdo explícito e que seus computadores domésticos estão limpos.

Etapa 1: restringir o acesso ao conteúdo adulto.

O primeiro passo para bloquear o acesso ao conteúdo pornográfico é configurar um filtro da Internet para realmente bloquear o acesso a esses sites. Existem várias opções disponíveis, desde extensões de navegador até a instalação de software semelhante a babá. Neste guia, recomendamos o uso de uma das formas mais simples, mas muito poderosas de filtragem da Internet: via DNS.

“DNS é o protocolo da Internet que converte nomes de sites (chamados nomes de domínio) em endereços IP. Os filtros nesse nível impedem a resolução de DNS dos sites bloqueados, para que seu conteúdo nunca seja carregado. É a maneira mais rápida de bloquear sites. Esse tipo de filtragem é o realizado pelo OpenDNS, Norton Family Filter e serviços similares “.

Todo dispositivo precisa usar o DNS para se conectar à Internet, portanto esse tipo de filtragem funciona em qualquer lugar. Tudo o que você precisa fazer é abrir as configurações do dispositivo, procurar configurações de rede ou configurações de Wi – Fi e alterar os servidores DNS (também chamados de servidores de nome) para o endereço IP fornecido pelo seu filtro da Internet. Neste exemplo, usaremos o serviço gratuito CleanBrowsing :

  • Para computadores Mac e Linux: Vá para Configurações-> Rede-> Wifi-> Avançado e altere os servidores DNS para apontar para: 185.228.168.168
  • Para o ChromeBook: vá para Configurações-> Rede-> Wifi e configure os Servidores de nome personalizados para apontar para: 185.228.168.168 e 185.228.169.168
  • Para Windows: Vá para Painel de Controle-> Rede-> Internet-> Propriedades da Rede e configure os servidores DNS para apontar para: 185.228.168.168 e 185.228.169.168
  • Para iPhone, Android e iPads: Vá para Configurações-> Configurações de Wifi e configure o Servidor de Nomes para apontar para: 185.228.168.168
  • Para o seu roteador doméstico e a proteção completa da casa: Entre no seu roteador, procure Configurações ou Configurações DNS e altere o Servidor de Nomes para apontar para: 185.228.168.168

Sempre que possível, recomendamos configurar o DNS no seu roteador doméstico, para garantir a cobertura de todos os dispositivos em sua casa. Aplica-se a qualquer TV conectada à Internet, console de jogos (xBox, Playstation, Nintendo Wii) e computador. Também ajuda sempre que visitantes (crianças) vêm e usam seu Wifi, eles são automaticamente restritos.

Etapa 2: restrinja os mecanismos de pesquisa ao modo Pesquisa Segura.

Além de bloquear sites adultos, você também precisa restringir o acesso nos mecanismos de pesquisa que possam exibir imagens pornográficas em seus resultados. Se você estiver usando o CleanBrowsing , recomendado acima, forçará automaticamente a Pesquisa segura no Google, Bing, Youtube e em todos os principais mecanismos de pesquisa. Se você estiver usando algum outro filtro da Internet, poderá ser necessário configurar manualmente cada navegador e mecanismo de pesquisa para o modo de segurança.

Mais detalhes sobre o Google estão disponíveis aqui e para o Bing aqui .

Etapa 3: ativar o controle dos pais.

A maioria dos sistemas operacionais e dispositivos tem opções de controle dos pais para impedir que seus filhos alterem as configurações e removam o filtro da Internet que você configurou. É altamente recomendável habilitá-los, pois eles também ajudam a restringir o acesso a aplicativos que podem não ser apropriados.

No IOS (iPhone / iPad), você pode fazer isso acessando Configurações-> Geral-> Restrições e filtrando o conteúdo que não deseja que seus filhos vejam. Nessa página, se você rolar para baixo até Conteúdo permitido , recomendamos a configuração:

  • Filmes: PG-13
  • Programas de TV: TV-14
  • Livros: restringir conteúdo explícito
  • Aplicativos: 12+
  • Siri: idioma explícito filtrado
  • Sites: restringir o conteúdo adulto

Cada dispositivo pode ter um nome diferente para o controle dos pais, mas geralmente é chamado de controle dos pais ou restrições.

Etapa 4: verifique o histórico do navegador.

Depois de configurar um filtro para bloquear o conteúdo pornográfico e ativar o controle dos pais, recomendamos que você faça verificações pontuais todos os dias (ou toda semana) para ver o que seus filhos estão visitando online. As crianças mais velhas aprenderão a limpar o histórico do navegador, mas trabalham com crianças mais novas que não estão cientes disso. Alguns dispositivos (como o Mac) permitem que os pais impeçam as crianças de remover o histórico do navegador.

Etapa 5: verifique as conversas nas redes sociais, amigos e fotos.

Se seus filhos forem mais velhos e tiverem acesso a mídias sociais, whatsapp e ferramentas semelhantes, também recomendamos fazer verificações pontuais a cada poucos dias ou semanalmente. Procura as fotos que eles estão tirando e compartilhando (incluindo fotos excluídas na lixeira) e com quem estão conversando. Isso ajudará você a encontrar crianças que violam as regras e a permanecerem seguras online.

E, finalmente, fique presente e converse com eles. Nada disso funcionará se você não estiver por perto para observar o que eles estão fazendo e aplicar as regras. Converse com eles, aproveite a Internet juntos sempre que possível e os dois se beneficiarão com isso.

Mas como fica a situação de clientes que não dispõe de grandes investimentos de infraestrutura de ti?

Pensando nisso, depois que a Cisco o comprou o OpenDns, ela aprimorou ainda mais o serviço de DNS possibilitando de forma gratuita que conteúdos de categoria adulta e malware sejam bloqueados mesmo que infraestrutura de ti dos clientes seja pequena.

A princípio o foco da Cisco é a proteção para família, mas porque não utilizar o serviço gratuito do OpenDNS para restringir o conteúdo impróprio nas empresas?

Além do OpenDns você também pode utilizar o serviço da Norton, conhecido como Norton ConnectSafe que também é gratuito ele possui alguns recursos de bloqueio mais avançados bloqueando categorias como: Pornografia, aborto, álcool, crime, drogas, compartilhamento de arquivos, jogo, ódio, suicídio, tabaco ou violência.

Para te ajudar assista o vídeo abaixo:

Summary
Review Date
Reviewed Item
Como Bloquear Sites de Pornografia sem Firewall
Author Rating
51star1star1star1star1star

Sobre o autor | Website

Meu nome é Leonardo Duarte sou profissional de TI com mais de 18 anos de experiência em produtos da Microsoft. Possuo diversas certificações: MCP/MCT/MCTS/MCSA/MCSE

Que tal um Curso Microsoft Gratuito com Certificado Internacional? Não fiquede fora junte-se aos 1100 alunos já inscritos.

Curso Gratuito Microsoft + Certificado Internacional

Para receber o link do curso preencha o campo abaixo.

Por gentileza, se deseja alterar o arquivo do rodapé,
entre em contato com o suporte.